Tribunal Regional Eleitoral condecora Jurista Obidense

celio-simoes-de-souzaNo último dia 05/11 (sexta-feira), em sessão solene promovida no Boulevard de Feiras e Exposições da Estação das Docas, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará condecorou 108 personalidades, dentre os quais Ministros, Desembargadores Federais e Estaduais, Juízes, Advogados, Membros do Ministério Público Federal, Oficiais Generais das Forças Armadas e Forças Auxiliares, com a MEDALHA DO MÉRITO ELEITORAL, distinção máxima concedida por aquela Corte Federal de Justiça aos que atuaram em favor da causa pública, conforme estabelece a Resolução n.º 4839/2010 do TRE/PA.

Dentre os homenageados, participou da grandiosa solenidade o Dr. Célio Simões de Souza, que foi distinguido com a referida honraria na categoria de JURISTA, “em reconhecimento aos relevantes serviços por ele prestados à Cultura Jurídica, à Cidadania e à Justiça Eleitoral do Pará”, conforme lhe foi comunicado pelo Ofício n.º 47/2010-CTME, de 04.10.2010, assinado pelo Desembargador João José da Silva Maroja, Presidente do Tribunal e Grão-Mestre da Medalha do Mérito Eleitoral.

CURRICULO: Dr. Célio Simões nasceu em Óbidos (PA), em 24.12.1947, único filho homem do fazendeiro, adjunto de promotor e fiscal da SEFA Sr. Francisco Lôbo de Souza e da professora Lady Simões de Souza. É casado com a Pedagoga comFátima Augusta Oliveira Simões, com quem tem três filhos: Célio Augusto, Francisco Cezar e Sérgio Guilherme, todos formados em Direito.

Em sua cidade natal estudou no Grupo Escolar José Veríssimo e integrou a primeira turma do Ginásio São José. Em Belém, foi aluno do “Paes de Carvalho” e da UFPa, onde graduou-se em Direito em Julho/1976. É pós-graduado em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Universidade Cândido Mendes (RJ). Foi professor-coordenador na primeira Diretoria da Escola Superior de Advocacia e professor-orientador na UNAMA. Fundou a Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Pará, da qual foi vice-presidente, conselheiro e secretário. Foi Conselheiro da OAB/PA de 1983 a 1986. Ainda na OAB/PA, fundou e presidiu a Comissão de Prevenção ao Trabalho Escravo. Foi fundador e conselheiro titular da União dos Juristas Católicos de Belém, tendo recebido do Papa João Paulo II especial benção apostólica pela sua atuação como advogado da população carente.

Fundou também o Centro de Estudos dos Advogados do Banco do Brasil do Pará e Amapá, do qual foi o primeiro Diretor Geral. Foi nomeado em 12.12.90 para o cargo de Procurador-Chefe da Procuradoria Trabalhista da Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos da Prefeitura Municipal de Belém. É membro vitalício fundador do Conselho de Mediação e Arbitragem do Estado do Pará. Integrou banca examinadora de concurso para Juiz Substituto da Justiça do Trabalho da 8.ª Região.

É membro da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra da qual foi também Consultor Jurídico da Delegacia do Pará. É ensaísta e poeta, tendo algumas de suas poesias musicadas pelo Des. Vicente Fonseca, seu parceiro musical. Como cronista recebeu medalha de prata em São Paulo, em concurso de âmbito nacional. É Comendador da Ordem do Mérito Advocatício e membro titular das seguintes instituições culturais: Instituto dos Advogados do Pará; Academia Paraense de Jornalismo (Cadeira n.º 20); Academia Paraense de Letras Jurídicas (Cadeira n.º 08) e Academia Artística e Literária de Óbidos (Cadeira n.º 01) que idealizou, fundou e preside.

Possui mais de cem crônicas publicadas e é co-autor do livro “Um Abraço Apertado” editado em 2009. Inserem-se ainda em seu currículo suas atividades como juiz do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/PA, juiz arbitral do Conselho de Mediação e Arbitragem do Estado do Pará e juiz do próprio Tribunal Regional Eleitoral que pela segunda vez o condecorou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *