Dr. Gilvandro: um referencial em saúde pública da Região Oeste

DR. Gilvandro atende com atenção alenquerenses em Santarém

Há bastante tempo o Hospital Municipal de Santarém vem funcionando no limite. Esse fato é constatado por todas as pessoas que procuram atendimento ambulatorial, de urgência ou emergência. Assim sendo, os pacientes ou visitantes ao chegarem à Casa de Saúde se deparam com a precariedade e a falta de infra-estrutura, tais como: Equipamentos hospitalar, insuficiência de espaço físico, escassez de médicos e enfermeiros.
Essa dura realidade atribui-se a incompetência e a inércia do Sistema Única de Saúde – SUS, em toda Região do Oeste do Pará. Apesar desse marasmo, a instituição hospitalar do município de Santarém ainda é a melhor aparelhada com instrumentos cirúrgicos e médicos especialistas em média e alta complexidade. Infelizmente, com todo esse aparato não supre a demanda em Santarém e muito menos das cidades vizinhas.
Dai, portanto, o merecido reconhecimento da população Ximanga para com o médico alenquerense Dr. Gilvandro Ubiracy Valente, servidor da entidade supramencionada que, mesmo sobrecarregado com o grande número de pacientes, utiliza-se de sua solidariedade que lhe é peculiar para minimizar a dor de todas as pessoas menos favorecidos que o procuram.
Em suma, Dr Gilvandro é um exímio e extraordinário Profissional. Sua vida sempre foi pautada para o altruísmo. Tais virtudes e nobreza devem servir de exemplo para certos funcionários insensíveis dá área de saúde pública que tratam mal os indefesos pacientes. Aliás, em salvas exceções, esses estressados devem urgentementente realizar cursos de relações humanas ou se tratarem dessa patologia.

Noticias:

ARRASTÃO – Comunitários ribeirinhos de Alenquer e Curuá pedem urgentes providências ao Ministério Público, SEMMA e IBAMA, no sentido de acharem uma solução plausível para coibir a pesca predatória (arrastão) que está se proliferando e dizimando espécies de quelônios e várias espécies de peixes nos lagos e Igarapés dos referidos municípios. A indignação dos denunciantes ou ambientalistas é em detrimento a impunidade e fiscalização por parte das Instituições em punir os criminosos contumazes. É patético publicar que a biodiversidade está ameaçada por falta de gestão ambiental e da vulnerabilidade dos animais, causada pelo fenômeno da seca que assola a região.
RELIGIÃO – O município de Curuá receberá neste final de semana, católicos de várias comunidades e de cidades vizinhas. Os romeiros participarão do ato religioso denominado “Santas Missões”. A paróquia de São Raimundo Nonato, juntamente com os grupos de lideranças, está coordenando a programação no sentido de que os participantes sintam-se como se estivessem na sua própria casa. Durante pregações, será momento de grande reflexão sobre o evangelho e meio ambiente.

Por: Hemenegildo Garcia

Deixe seu comentário aqui: