Dilma promete novas regras para empresas de mineração

Agnelli ergue as mãos as céus e pede proteção

A presidente da República eleita, Dilma Rousseff (PT), já deixou clara sua posição na defesa de novas regras que vão endurecer a taxação sobre a indústria de mineração – onde a Vale é a empresa dominante no País. As mudanças, que incluem um novo posicionamento da maior empresa brasileira depois da Petrobras, deverão culminar com a saída do presidente da Vale, Roger Agnelli, em janeiro de 2011, conforme antecipou o colunista do iG, Guilherme Barros.

O desenho da Vale no governo Dilma não está totalmente fechado, mas a mineradora deverá ter seu grau de autonomia reduzido e enfrentar uma maior ingerência do novo governo eleito. Na prática, a ideia dos integrantes do governo Dilma é aprovar o novo marco regulatório do setor, que deve aumentar os royalties pagos pela mineradora, beneficiando municípios e Estados produtores de metais.,a exemplo de Oriximiná e Juruti, localizados na região oeste do Pará. Além disso, a intenção é fazer com que a empresa deixe de ser um mero fornecedor de matérias-primas – e agregue mais valor à produção. A mineradora, que tornou-se a segunda maior do mundo e a maior produtora de minério de ferro pelas mãos de Agnelli, que está no cargo desde 2001, já vem sofrendo o impacto do aumento do risco político.

IG Economia

Um comentário em “Dilma promete novas regras para empresas de mineração

  • 20 de novembro de 2010 em 09:22
    Permalink

    É importante para os municípios.
    Mas até qdo vai durar isso na mão de pessoas que são colocadas politicamente, com responsabilidade política e não cuidar d um grande patrimônio como a vale.
    Vamos vê como fica pra seus funcionários.

    Resposta

Deixe seu comentário aqui: