Homem mata ex a punhaladas

Francisco, "o monstro de Marituba", confessou o crime

O crime ocorreu na noite de sábado, no município de Marituba. Policiais militares da 18ª Zona de Policiamento prenderam Francisco Fernando Oliveira da Silva conduzindo-o à Seccional de Marituba.  O eletricista,de 49 anos, confessou ter assassinado de maneira fria sua companheira de cama e mesa  Angela Maria Rodrigues Deoduque,  mas afirmou que não tinha a intenção de assassiná-lae que estava arrependido do crime que praticou. Segundo a imprensa da capítal, os policiais apreenderam junto com o assassino também o punhal de 20 centímetros, a arma usada no crime.

Arrependido – O acusado disse ao delegado Paulo Cavalcante que não pretendia matar Ângela e que estava muito arrependido de ter cometido o crime. Ele afirmou que, até então, nunca havia sido preso. O delegado o autuou, em flagrante, por homicídio qualificado, por ter sido praticado por motivo fútil. Ele está recolhido ao xadrez da Seccional de Marituba.

Encenação- Ao chegar à Seccional, em Marituba,  Francisco pediu que os policiais o matassem. Também dizia que iria se matar na cela. Pode?

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *