Servidores do Judiciário iniciam greve na quinta

A partir do próximo dia 25 (quinta-feira), servidores do Judiciário Federal dos Estados do Pará e Amapá paralisarão suas atividades por tempo indeterminado. A greve foi aprovada ontem, em assembléia realizada pelo sindicato da categoria, e tem como objetivo a aprovação do Plano de Carreiras e Salários (PCS) do Judiciário. Integram o movimento, colaboradores das Justiças Trabalhista, Eleitoral, Federal e Militar.

Segundo a diretoria do Sindicato dos Servidores do Judiciário Federal, existe desinteresse da presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) em relação ao PCS, por isso a necessidade do protesto. “Queremos ações concretas, como a primeira parcela do PCS depositada na nossa conta até 22 de janeiro de 2011”, afirma Fátima Arantes, coordenadora da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal (Fenajufe).

ASSEMBLÉIA
Na próxima quarta-feira, será realizada nova Assembléiageral no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Belém, para mobilizar o restante dos trabalhadores que ainda não aderiram ao protesto. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), o atendimento à população continuará normalmente até que haja adesão significativa à greve. Em caso de paralisação pela maioria dos servidores, será analisada a possibilidade de suspensão dos prazos processuais, instituição de plantões judiciários e demais readequações, a fim de não prejudicar o andamento das ações judiciais.

Diário do Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *