Pagamento do 13° injeta R$ 318 milhões no Pará

A segunda parcela do 13° salário dos aposentados e pensionistas começa a ser paga a partir desta quarta-feira (24) em todo o Brasil. Segundo as análises do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócioeconômicos), do total de 23,6 milhões de beneficiários de todo o país que terão direito ao pagamento, a Região Norte responde por cerca de 987 mil, o que corresponde a cerca 4,18% do total de beneficiários do Brasil.

Em termos de montante a economia da Região Norte receberá um total de R$ 315.576.278,24 com o pagamento da segunda parcela do 13º aos beneficiários da previdência, deste total vão ser injetados na economia do Pará R$ 162.338.832,06 correspondente a cerca de 51% de todo o montante que entrará na economia da região.

No adiantamento da 1ª Parcela do 13º, pago em agosto e setembro de 2010, o montante injetado na economia paraense foi de R$ 156.487.451,78 e em toda a Região Norte foi de R$ 304.085.829,36.

Com as duas parcelas do 13º Salário, o montante total do 13º injetado na economia paraense alcança R$ 318.826.283,84; e na economia da Região Norte, esse montante chega a R$ 619.662.107,60. Isto significa  que do total geral dos recursos do 13º salário dos aposentados e pensionistas que estão sendo injetados na economia dos Estados da Região Norte, mais da metade estão ficando no Pará.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *