Triciclo auxilia portador de necessidades especiais

 

Em Santarém, uma turma de alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) trabalha no desenvolvimento de um triciclo para portadores de necessidades especiais. A turma é formada por 14 estudantes, que desde Abril deste ano fazem parte do Programa Jovem Aprendiz. O projeto de construção do triciclo está em andamento desde Setembro.

O triciclo possui elevador com motor elétrico e o usuário poderá utilizá-lo sem sair da cadeira de rodas. “O projeto é inovador, porque pretende proporcionar acessibilidade a um portador de necessidades especiais, com uma tecnologia diferente para esse tipo de triciclo”, diz o instrutor técnico Luiz Gama da Costa, que coordena a equipe. De acordo com Luiz, além de proporcionar conhecimento aos alunos sobre novas tecnologias e possibilitar o crescimento profissional deles, o maior objetivo deste projeto-piloto é atender à população.

O projeto está sendo desenvolvido primeiramente para uma pessoa, após a aprovação do protótipo, ele poderá atingir um público maior. Os alunos já passaram da fase de fabricação das peças e atualmente montam o protótipo, que passa constantemente avaliação. Para o aprendiz Claudomiro de Azevedo Júnior, o projeto é uma boa oportunidade para colocar em prática o que aprendeu. “Desenvolver esse projeto é muito interessante porque aprendemos melhor a teoria quando fazemos nosso próprio projeto-piloto. Como eu não tinha formação profissional antes de entrar no Programa Jovem Aprendiz, com certeza o que estou aprendendo com a construção desse triciclo será levado para o mercado de trabalho”, declara o estudante de 19 anos.

O Programa Jovem Aprendiz possibilita a formação técnico-profissional de adolescentes entre 14 e 18 anos, e também de jovens entre 18 e 24 anos. A partir de atividades teóricas e práticas, os estudantes são capacitados para o mercado de trabalho em cursos com duração máxima de dois anos. O Programa é realizado por meio de parceria entre empresas e uma instituição de qualificação técnico-profissional.

Fonte: Ascom/ SENAI de Santarém

Um comentário em “Triciclo auxilia portador de necessidades especiais

  • 14 de julho de 2011 em 17:57
    Permalink

    Boa tarde,
    porque vcs não fazem um triciculo não só pra cadeirantes,fazem para pessoas portadores de necessidades especiais,de todo tipo.Em São Paulo já exite porem o custo é bastante elevado,fica em torno de 10.000,00 á vista se vcs pretendem fazer,mesmo fazam para um público alvo diversificado.

    Resposta

Deixe seu comentário aqui: