Curso de Medicina da UFPA pode ser extinto

Problemas no Curso de Medicina da UFPA foram detectados no ENADE 2007

O Diário Oficial da União (DOU) publicou, ontem, novas determinações do Ministério da Educação (MEC) para o corte de vagas em cursos superiores de medicina no país. Com relação ao Pará, a recomendação é de que a Universidade Federal do Pará (UFPA) apresente, em 90 dias, o resultado sobre os procedimentos adotados para sanear os problemas detectados na avaliação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) realizado em 2007. Caso as medidas não sejam satisfatórias, o curso de medicina da UFPA corre o risco de ser extinto.

No relatório referente à UFPA, o Ministério da Educação enfatiza que persistem “deficiências e limitações pontuais relativas à infraestrutura e ao corpo docente, bem como a necessidade de conscientizar plenamente o corpo docente do processo de transformação implantado, a despeito da disponibilização de recursos para medidas de saneamento”. Fonte: Diário do Pará.

Da Redação

Deixe seu comentário aqui: