Áreas de garimpo possuem mais infectados com vírus HIV

Garimpos sem combate ao vírus HIV
Garimpos sem combate ao vírus HIV

“As regiões de garimpo ainda são nossos maiores problemas”, informou a coordenadora do DST/HIV/AIDS, em Santarém, pois nesses locais ainda não existe sequer unidade testadora”, disse. Ela apelou para o bom senso dos prefeitos das cidades localizadas em áreas próximas aos garimpos. “Precisamos da adesões de secretários de saúde e das prefeituras, eles tem que demonstrar interesse em implantar esses serviços”. O caso dos infectados em áreas de risco localizadas nos garimpos, desde muito tempo é  um caos difícil de pelo menos ser contornado. Culpa das pessoas que não usam preservativos, o “puxão de orelhas” vale tanto para homens quanto para mulheres. A camisinha feminina pode ser usada sem que o parceiro sexual perceba.  Neste dia Mundial de Combate ao vírus HIV, é importante ressaltar que “toda  pessoa contaminada com o vírus tem direito a cidadania”. Apoio RG 15/O Impacto

Por: Carlos Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *