MOTOTAXISTAS FAZEM PROTESTO NA SEDE DO DETRAN

Pneus e madeira foram queimados na estrada que dá acesso ao aeroporto
Pneus e madeira foram queimados na estrada que dá acesso ao aeroporto

Nas últimas edições do jornal “O Impacto” falamos da municipalização do trânsito e da permanência da equipe do Detran de Santarém no município de Óbidos, bem como da parceria do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), na fiscalização e educação no trânsito.

Na última sexta-feira houve protesto por parte dos mototaxistas, que foram até o Detran conversar com os dirigentes e coordenadores das blitz que estão sendo realizadas no Município, mas não foram autorizados a permanecer dirigindo.

Da sede do Detran os manifestantes se dirigiram ao prédio da Prefeitura Municipal de Óbidos, na intenção que o prefeito Jaime Silva tomasse medidas cabíveis, já que o trânsito em Óbidos está municipalizado, mas não conseguiram falar com o Prefeito que não se encontrava em seu gabinete.

Os protestos continuaram durante toda a manhã, seguindo assim para a estrada que dá acesso ao aeroporto, que foi interditada pelos manifestantes, que queimaram pneus e madeira, ficando a estrada totalmente obstruída pelo fogo.

Mototaxistas querem realização de exame de CNH em Óbidos
Mototaxistas querem realização de exame de CNH em Óbidos

Porém, o Pelotão da Polícia Militar foi acionado, ao comando do Capitão Marciel, tendo o fogo sido controlado. A PM manteve a ordem no local.

Os manifestantes, principalmente os mototaxista, pedem às autoridades competentes, em especial ao Detran, para que autorize dirigir sem habilitação, fato que é impossível, segundo declarações do Capitão Marciel, pois as leis são para serem cumpridas e para isso todo motorista deve passar por um exame, que é necessário para ter sua carteira e dirigir com prudência, respeitando as leis de trânsito.

Os manifestantes falaram à nossa reportagem, que as reivindicações são para cobrar do Estado, que os exames clínicos sejam realizados no município de Óbidos, para que os motorista não mais se desloquem até Santarém, evitando muitas despesas financeiras.

Por: Natalino Sousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *