AIDS- Quase dez mil casos registrados no Pará

De acordo com dados do Boletim Epidemiológico – Aids e Transmissão Vertical, lançado no dia 30 de novembro pela Sespa, de 1985 a 2009 já foram notificados 9.428 casos de Aids em maiores de 13 anos no Estado. Deste total, 6.030 são homens. Das 3.398 mulheres, 1.261 foram gestantes diagnosticadas com o HIV. Já entre os anos 2000 e 2009, 198 casos foram notificados em crianças menores que cinco anos. Em 25 anos, ocorreram 3.702 mortes, dos quais 2.605 só do sexo masculino.

Em relação à orientação sexual de pessoas notificadas com o vírus, o boletim revela que a categoria de exposição ao HIV abrange uma maioria ignorada (39,08%), seguida por heterossexuais (27%), homossexuais (16,2%) e bissexuais (10,5%).

Adultos entre 20 e 49 anos ainda são os mais vulneráveis à doença. Segundo o boletim da Sespa, em cada 100 mil habitantes, a taxa de incidência de casos é de 20 homens e 14 mulheres.

No Pará, 33 municípios registraram o maior número de casos entre 2007 e 2009: Belém, Ananindeua, Marabá, Castanhal, Santarém, Marituba, Barcarena, Tucuruí, Parauapebas, Redenção, Bragança, Paragominas, Itaituba, Tailândia, Abaetetuba, Novo Repartimento, Novo Progresso, Santa Isabel do Pará, Breu Branco, Cachoeira do Piriá, Jacundá, Capanema, Salinópolis, Rondon do Pará, São Miguel do Guamá, Igarapé-Açu, Óbidos, Pacajá, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Altamira, Benevides e Eldorado do Carajás.

Por:  Reginaldo Ribeiro

Um comentário em “AIDS- Quase dez mil casos registrados no Pará

  • 21 de abril de 2016 em 09:41
    Permalink

    Quando atualizarem essa pesquisa a minha cidade Cachoeira do Piriá,aparecerá em 1 lugar.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *