A 90 minutos do título: Independiente e Goiás decidem quem será campeão

O Goiás venceu o primeiro round da inédita final da Copa Sul-Americana com um triunfo por 2 a 0 sobre o Independiente, no Serra Dourada lotado, na última semana. Agora as duas equipes se reencontram nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília, 21h no horário local) para resolver quem fica com a taça. Desta vez o time argentino joga em casa, em Avellaneda, com lotação esgotada: 40 mil pessoas são esperadas para a partida. Mas o Esmeraldino tem a vantagem nas mãos.

Torcedores do Racing mostram apoio ao Goiás (Foto: Carolina Elustondo / GLOBOESPORTE.COM)

O time goiano pode perder por até um gol de diferença que será campeão. Um triunfo argentino por dois gols de diferença leva a decisão para pênaltis, e os donos da casa precisarão fazer três se quiserem dar a volta olímpica no tempo regulamentar. O clima de guerra foi instalado a partir do momento em que os hermanos não deixaram o visitante treinar em Avellaneda, mesmo após se comprometerem por escrito. Em campo, o clima pode ser ainda mais tenso.

Afinal, quem for campeão estará classificado para disputar a Libertadores de 2011, entrando na fase inicial e eliminatória. De um lado, o Goiás busca a glória e o alento de ser feliz no mesmo ano em que foi rebaixado para a Série B do Brasileiro. De outro, o Independiente tenta ser campeão internacional depois de 15 anos de jejum. A última taça foi a Supercopa dos Campeões da Libertadores de 1995.

O jogo terá um trio de arbitragem colombiano. Oscar Ruiz apita a partida, auxiliado por Abraham González e Humberto Clavijo. A TV Globo transmite o jogo para os estados de Goiás e Rio Grande do Sul. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances do duelo em Tempo Real.

Curiosamente, Goiás e Independiente terão outras torcidas envolvidas nesta decisão. Os torcedores do Grêmio vão secar o Esmeraldino, pois se o brasileiro não vencer a Sul-Americana, o time gaúcho se assegura na Libertadores por ter terminado o Brasileiro em quarto. E o Racing está na mesma situação. No campeonato nacional, está perto de ficar apto a assumir a vaga na Libertadores, mas só se o Independiente não for campeão. Os “hinchas” do Racing até entregaram para o técnico Artur Neto um cartaz de apoio ao time goiano.

Por Carolina Elustondo Direto de Buenos Aires

Deixe seu comentário aqui: