Bidone d’Oro: Adriano leva o tri de pior jogador do ano na Itália

Adriano é tri do Bidone (Foto: Getty Images)

Adriano é tri. O atacante brasileiro foi eleito o pior jogador do ano do Campeonato Italiano e faturou o “Bidone d’Oro” (lixeira de ouro) nesta segunda-feira. É a terceira vez na carreira que o atleta, sonho de consumo do Corinthians para 2011, vence o concurso realizado pela rádio “Catersport”. O Imperador já havia conquistado o prêmio em 2006 e 2007, quando ainda defendia o Inter de Milão.

A eleição contou com 18.123 votos e colocou três brasileiros nos primeiros lugares: Adriano (22,42%), Amauri (do Juventus, com 12,76%) e Ronaldinho Gaúcho (Milan, 10,11%). Em seguida, aparecem os italianos Cannavaro (ex-Juventus, 9,91%),  Materazzi (Inter de Milão, 9,34%), Cassano (Sampdoria, 9,31%). Mais três brasileiros: Mancini (Inter, 8,24%), Diego (ex-Juve, 7,55%) e Felipe Melo (Juve, 5,61%). O 10º e último colocado foi o romento Mutu (Fiorentina, 4,75%).

O Imperador se tornou o sucessor de outro atleta brasileiro. Felipe Melo ganhou o “Bidone d’Oro” em 2009 depois de uma temporada ruim com o Juventus. A eleição é feita pela rádio desde 2003, quando foi vencida por Rivaldo. Depois, Nicola Legrottaglie (Juventus, 2004), Christian Vieri (Inter e Milan, 2005), Adriano (2006 e 2007) e Quaresma (2008) também faturaram a paródia da Bola de Ouro inventada pela revista “France Football” e que neste ano unificou o prêmio de melhor do mundo com a Fifa.

Apesar da fase ruim, Adriano é assediado para uma possível volta ao Brasil. Porém, a presidente do Roma, Rosella Sensi, revelou neste domingo que não facilitará a saída do atacante.

– O Adriano é um jogador do Roma e será no futuro – decretou.

O brasileiro não atuou no último fim de semana na vitória do Roma por 1 a 0 sobre o Bari por estar resfriado, segundo a imprensa italiana.

Por GLOBOESPORTE.COM Roma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *