Estudante desenvolve prótese em forma de tentáculo para membros superiores

A prótese é controlada por dois botões que a estendem ou retraem

Alunos de design industrial da Universidade de Washington foram desafiados por um dos seus professores a criar um desenho inovador para próteses substitutas de membros superiores. O desafio levou Kaylene Kau – um dos estudantes – a criar essa prótese em forma de tentáculo extremamente simples, tanto mecanicamente quanto esteticamente.

Kau observou que as próteses funcionam mais como uma espécie de assistente para o membro que sobrou do que como um real substituto para o membro perdido. Com o desenho criado por Kau, fica fácil para o paciente agarrar e acomodar objetos, usando o membro funcional para manipulá-lo.

prot

Para agarrar o objeto, o usuário pode ajustar a quantidade de curvas do tentáculo através de dois botões que acionam um motor aumentando ou diminuindo a curvatura usando dois cabos que percorrem o braço.

O interessante é que o protótipo vai na contramão dos mais recentes estudos de próteses, que buscam soluções complicadas e caras como implantes biônicos ou recriação de membros. É simples, mas funciona.

Infelizmente, ainda não existe informação sobre a possibilidade de produção e comercialização do protótipo.

Por Leonardo Carvalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *