Naufrágio de barco de imigrantes mata pelo menos 27 na Austrália

Segundo a polícia, 42 pessoas sobreviveram

CANBERRA (Reuters) – Vinte e sete pessoas que buscavam asilo na Austrália morreram e outras dezenas teriam desaparecido nesta quarta-feira depois que o barco em que estavam naufragou perto das Ilha Christmas, na costa australiana do Oceano Índico. A embarcação, de madeira, foi arremessada contra rochas, lançando as pessoas no mar agitado.

Imagens de TV mostram o barco batendo contra as rochas, se partindo e afundando enquanto as ondas arremessavam os passageiros, incluindo mulheres e crianças, contra as pedras pontiagudas.

‘Há pessoas na água gritando por ajuda. Há uma tragédia emergindo ali’, disse à mídia australiana o dirigente do condado da ilha Christmas, Gordon Thomson.

O vice-primeiro-ministro e secretário do Tesouro da Austrália, Wayne Swan, afirmou que 41 pessoas foram resgatadas e 27 corpos, recuperados.

‘Nós não sabemos quantas pessoas estavam no barco’, afirmou Swan à TV australiana ABC.

A entidade Flying Doctors, da Austrália, disse que o número do mortos pode chegar a cerca de 50 e que havia pelo menos 33 feridos ‘em condições de andar’. O acidente ocorreu por volta das 6 horas (21 horas de terça-feira, pelo horário de Brasília).

Reuters G1

Deixe seu comentário aqui: