Deputado Megale doa computador para Museu de Alenquer

Deputado Estadual José Megale

O Museu da Cidade de Alenquer – MCA foi inaugurado no dia 10 de junho de 2010. Sua criação foi oriunda da idéia do Poeta e Compositor alenquerense Roberto Mesquita, residente na capital do Estado e outros abnegados filhos da Princesa do Surubiu, domiciliados no município de Alenquer.
Como as instituições governamentais não disponibilizaram um prédio público, objeto de Patrimônio Histórico Cultural, o espaço continua funcionado normalmente nos horários de expediente de forma provisória no imóvel residencial pertencente à família do saudoso Luizinho Siqueira, localizado à Rua Rosomiro Batista, esquina com a Trav. Antônio Mesquita, Centro da Cidade.
Destarte, o MCA contribui na sua essência, para o enriquecimento pluralístico cultural dos munícipes como um todo. Portanto, o referido lugar onde estão expostos os objetos antigos e peças de valor científico, tem papel preponderante de homenagear e referenciar os ícones do passando, os quais deixaram legados contributivos, no esporte, na arte, na história, na música, na poesia e/ou na construção da cidadania, para os presentes e futuras gerações.
Assim sendo, para que essa chama continue acesa no ponto de vista das respectivas identidades culturais, o deputado José Megale Filho, de forma generosa, mais uma vez deu sua parcela de contribuição, já que recentemente doou um Computador equipado para auxiliar na catalogação das pesquisas históricas. Ademais, a ferramenta será mais um instrumento facilitador de acessibilidade cronológica para as peças ali existentes.

Por: Hemenegildo Garcia / Fone:  (93) 9143-3908 / e-mail: rhgarcia2008@hotmail.com

Um comentário em “Deputado Megale doa computador para Museu de Alenquer

  • 10 de janeiro de 2011 em 10:46
    Permalink

    Deixa eu ver se entendi. Esse espaço se deu o trabalho de fazer uma “senhora matéria” prestando elogios relevantes ao Deputado Megale apenas porque doou um computador ao museu? Grande avanço em Alenquer?! Bem que ele poderia mandar contruir um museu se verdade para o município. (risos)

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *