Nélio Aguiar: “Estrutura municipal de governo está inchada”

Vereador Nélio Aguiar, de Santarém

o excesso de funcionários e o número de imóveis  e carros alugados  fazem com que o Orçamento aprovado seja mais para custeio do que para investimentos. “estão faltando recursos para investir em Santarém, pois o povo está precisando de obras”, disse.

Como exemplo de excesso de custeio, Nélio falou da Secretaria de Organização portuária de Santarém, “Para que é que serve, se em Santarém não  existe sequer um terminal fluvial? ”, enfatiza o vereador. “Para que serve uma secretaria de Habitação, se uma outra secretaria poderia muito berm assumir esta responsabilidade?” indaga.

Nélio Aguiar, declarou que o governo municipal de Maria do Carmo está engessado, “o que o povo de Santarém precisa é de Obras, mais postos de saúde, creches, pavimentação de ruas e outros investimentos”, declarou o médico e vereador, “infelizmente o governo está com excesso de despesas”, enfatizou.

Custos- Segundo Nélio Aguiar, cada secretaria dessas ou coordenadoria tem um custo: “para os cofres do município chega a um milhão de reais por ano”, diz o vereador, “Um cabide de empregos, com custo de telefones, internet, aluguel de carros, assessores, e quem está pagando estes custos é o povo de Santarém, que sai perdendo, por não ver surgirem obras que precisamos em nosso bairro, na nossa rua“, falou: “a justificativa é que as obras não saem por que não tem dinheiro”, finalizou Nélio Aguiar.

Por: Carlos Cruz

Deixe seu comentário aqui: