Senado aprova aumento para Legislativo e Executivo

BRASÍLIA (Reuters) – Horas depois de passar na Câmara, o Senado aprovou nesta quarta-feira o aumento nos salários do presidente da República, vice-presidente, ministros de Estado, senadores e deputados, que passarão a receber 26.700 reais, o teto do funcionalismo público.

O projeto equipara os salários do Executivo e do Legislativo àqueles dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

Os senadores Marina Silva (PV-AC), Álvaro Dias (PSDB-PR) e José Nery (PSOL-PA) criticaram o aumento.

Pelo texto aprovado, deputados e senadores, que atualmente recebem 16.500 reais, terão um aumento de 61,8 por cento, segundo informações da Agência Senado.

O salário do presidente da República, que hoje é de 11.400 reais, será elevado em 133,9 por cento.

Com a aprovação pelo Senado, o reajuste entra em vigor já para a legislatura seguinte, que se inicia em 1o de fevereiro.

(Por Hugo Bachega)

Deixe seu comentário aqui: