Polícia prende estelionatários em Medicilândia

A Polícia Civil de Medicilândia, com apoio da Polícia Militar, prendeu um grupo que tentou aplicar um golpe de R$ 100 mil em uma agência bancária da cidade. A transferência deles para o município de Altamira foi feita ontem (16).

Manoel Dias, considerado líder do grupo, há três meses vinha sendo investigado, depois de tentar aplicar o mesmo golpe em Belém. Ainda de acordo com a polícia, ele fez pelo menos três vítimas nos Estados do Rio Grande do Norte e Maranhão.

O CRIME

O estelionatário conseguia o documento das vítimas, depois forjava procurações e seguia para serem autenticadas em cartórios. Em seguida o estelionatário procurava agências bancárias e aplicava o golpe.

Levado para a delegacia regional do Xingu, Manoel se apresentou como corretor de seguros e disse ser vítima de um mal entendido da polícia.

Já Marcos Antonio, companheiro de Manoel, não quis se pronunciar sobre a denúncia e ficou calado o tempo todo. Orlando de Sousa, o terceiro envolvido, negou qualquer participação no golpe, e disse que só estava em Medicilândia fazendo companhia para Marcos que é seu amigo há muito tempo.

Os três foram ouvidos e vão responder por falsidade ideológica e estelionato. Após prestarem depoimento eles foram encaminhados para o presídio de Altamira.

Fonte: Odair Oliveira

Deixe seu comentário aqui: