Garimpeiro preso acusado de violentar a própria filha em Itaituba

Luís Gonzaga Lima da Silva

A Vara Criminal da Justiça de Itaituba, Oeste do Estado, manteve o flagrante lavrado contra o garimpeiro Luís Gonzaga Lima da Silva, de 57 anos, suspeito de violentar a própria filha, uma menor de apenas 7 anos de idade. Ele foi preso na última quarta-feira, após ter sido denunciado pelos vizinhos que o teriam flagrado molestando a criança. Luís foi detido e encaminhado à presença do delegado Alexandro Napoleão Santana, que determinou que fosse lavrado o auto de prisão em flagrante delito por tentativa de estupro de vulnerável.

A peça flagrancial foi encaminhada à Justiça ainda na quarta-feira, e na quinta-feira a Justiça encaminhou ao delegado a decisão pela manutenção do flagrante. “Com isso, nós estamos fazendo, agora, a transferência do preso. Ele permanece à disposição da Justiça, no aguardo do julgamento”, resumiu o delegado.

Para o delegado, Luis Gonzaga Lima da Silva disse que está sendo injustiçado. Ele também informou que estava muito embriagado e que não tinha molestado a criança.

ACUSAÇÃO – Ele foi preso na última quarta-feira, após ter sido denunciado pelos vizinhos que o teriam flagrado molestando a criança.

Diário do Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *