Terminal Hidroviário transformou-se em Elefante Branco

Porto hidroviário interditado desde sua inauguração

O investimento do Terminal Hidroviário do município de Alenquer foi construído na administração do então prefeito Cleóstenes  Farias do Vale, cuja verba  liberada foi  oriunda do Governo do Estado (Ana Júlia ), através da Secretária de Desenvolvimento Urbano – SEDURB, com contra partida da Prefeitura Municipal de Alenquer – PMA.
Há mais de 2 anos, após sua inauguração, com direito a discursos sensacionalista e fogos pirotécnicos, jamais o logradouro teve absolutamente alguma função para embarque e desembarque de passageiros, cargas etc. Tal inutilidade é em decorrência da construtora ter executado a referida obra com serviços de péssima qualidade. Por outro lado, os gestores da época: Estadual, municipal e vereadores, não se dignificaram em fiscalizar o projeto faraônico.
Em consequência do desvio do dinheiro público, o empreendimento encontra-se interditado com risco iminente de desabar a qualquer momento. Em suma, qualquer leigo em construção civil, a olho nu comprova e constata grandes rachaduras, com ferragens expostas, comprometendo, portanto, praticamente toda sua plataforma.
Assim sendo, como “Porto Hidroviário” transformou-se num “Elefante Branco” e até a presente data ninguém foi responsabilizado pela improbidade, como também as autoridades, não dão nenhuma satisfação para a sociedade. O contribuinte e a população como um todo, começam a se indignar. Espera-se que com o início das chuvas e da enchente, não venha se consolidar o desabamento e causar vítimas fatais e dano ao meio ambiente.

Por: Hemenegildo Garcia / Fone:  (93) 9143-3908 / e-mail: rhgarcia2008@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *