Mãe abandona filho dentro de saco plástico

Após abandonar a criança, Elinaura do Nascimento se disse arrependida (Foto: Reprodução / TV RBA)

No dia em que a maioria da população comemora a chegada do menino Jesus ao mundo, uma criança recém-nascida foi atirada, dentro de um saco plástico, para o quintal de uma casa vizinha. De acordo com testemunhas, a própria mãe do bebê jogou a criança, que passou por cima de um muro de cerca de dois metros de altura.

A propriedade onde a criança foi encontrada com ferimentos fica na travessa Mauriti, no bairro da Pedreira. Segundo testemunhas, Elinaura do Nascimento Santos, de 20 anos, veio do Maranhão. Na capital paraense, ela trabalhava como empregada doméstica na casa ao lado da que o bebê foi encontrado. Elinaura teria negado a gravidez aos mais próximos, mesmo com nove meses de gestação.

Por volta das 20h do dia 24 de dezembro, quando todos saíram de casa, Elinaura fez o próprio parto. Em seguida, cortou o cordão umbilical do recém-nascido, o colocou em um saco e depois o jogou pelo muro do quintal do vizinho.

Momento do resgate do bebê. Imagem - portal ORM

RECUPERAÇÃO

Após o ato cruel, a mãe que abandonou o filho recém-nascido mostrou-se arrependida: ontem ela seguiu até a Santa Casa (local onde a criança se recupera) com o intuito de saber como o bebê estava.

Acompanhada de uma conselheira tutelar, Elinaura se emocionou ao ver a criança e afirmou a uma enfermeira que uma avó quer cuidar do bebê.

DNA

A assessoria da Santa Casa informou que a mãe terá que fazer o exame de DNA para comprovar a maternidade. Elinaura está internada em observação no hospital para procedimentos médicos, além de receber acompanhamento psicológico. Já o recém-nascido, por sorte, passa bem e deve continuar em observação pelo menos por 15 dias na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) do hospital.

assista as imagens:

Diário do Pará

Um comentário em “Mãe abandona filho dentro de saco plástico

  • 1 de agosto de 2011 em 17:21
    Permalink

    eu acho que ela não tem direito nenhum se ela fez isso e porque não ama a si propria uma pessoa assim e capaz de tudo se a justiça devolve a criança a genitora imagina o qual sera o futuro dela toda criança merece amor,carinho,atenção e respeito des do nosso ventre.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *