Monte Alegre permanece sem Aeroporto

Pista do Aeroporto de Monte Alegre

Monte Alegre – No final deste mês encerra o prazo que a Anac estabeleceu para que as mudanças necessárias fossem feitas para que o Aeroporto de Monte Alegre pudesse voltar a funcionar. Porém, até o momento, nada se comenta sobre o caso.

Nem no período eleitoral os candidatos a deputados estaduais, federais, senadores e governadores mencionaram apoio para o funcionamento do aeroporto. Enquanto isso, pessoas continuam atravessando, motoqueiros desfilam pela pista e mulheres indo à delegacia dizendo que foram violentadas sexualmente na área de mato da pista.

O aeroporto continua fechado por irresponsabilidade de pessoas que não respeitam e de autoridades que não abraçam a causa em benefício do município.

O maior transtorno é para as pessoas que necessitam de um transporte para viajar até outra cidade em busca de atendimento médico urgente, onde vários casos já ocorreram e tiveram êxito, pois a rapidez do transporte aéreo influência na sobrevivência dos cidadãos montealegrenses.

Outro problema enfrentado é com o dinheiro que chega aos bancos da cidade, que eram transportados por via aérea, chega pelas estradas correndo o risco de ser assaltado, e que muitas das vezes acaba atrasando.

Para reabrir o aeroporto, a Anac, não permite a presença de animais e pessoas na pista, mas como a imprudência permanece, dificilmente Monte Alegre voltará a ter aeroporto.

Com informações da Tribuna da Calha Norte

Um comentário em “Monte Alegre permanece sem Aeroporto

  • 30 de setembro de 2011 em 16:59
    Permalink

    É de fato uma situação lamentável diante da real necessidade que hoje temos.
    Ter o aeródromo interditado por má administração, seja do poder do estado, do município ou de quem quer que seja, é uma vergonha que todos devem sentir quando o assunto é comentado e, infelizmente, descaso de poucos que usam o terreno como acesso mais fácil ao seu destino e de políticos que só prometem e não cumprem com sua obrigação.
    Sabe que em qualquer momento nós mesmos poderemos precisar do transporte aéreo, seja por necessidade pessoal, comercial e principalmente, em casos de saúde.
    A administração do local deveria ser mais condicionadora de limites àqueles que permanecem usando o espaço, uma vez que é propriedade de área restrita.
    Aproveito para saber como podemos fazer para acompanhar o processo que foi aberto dentro da SETRAN-PA (Secretaria de Estado de Transporte). Hoje, o povo tem na mídia a forma de acompanhar e agilizar os processos que são obsoletos nos departamentos de governo. Existe tal protocolo?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *