Taxas do Detran têm reajustes de 6%

Detran diz que as novas taxas estão dentro do padrão
O reajuste de 6% no valor da Unidade Padrão Fiscal (UPF) – indexador que corrige taxas cobradas pelo Estado – irá pesar, principalmente, no bolso dos motoristas paraenses. A unidade, atualmente estabelecida em R$ 2,0435, passará a valer R$ 2,1587, conforme Portaria da Secretaria da Fazenda (Sefa) de número 1659, publicada no dia 17 de dezembro, no Diário Oficial do Estado (DOE). Com a mudança, que começa a valer a partir do dia primeiro de janeiro, todas as taxas do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) também serão ajustadas. O LIBERAL teve acesso, com exclusividade, a nova tabela de preços. O licenciamento anual, por exemplo, referente à 60 UPF, subirá de R$ 122,61 para R$ 129,52. Já o exame médico (29 UPF) custará R$ 62,60 – hoje é R$ 59,26. A renovação da carteira aumentará de R$ 51,09 para R$ 53,97.

Carlos Valente, coordenador de Planejamento do Detran do Detran diz que as novas taxas estão dentro do padrão. Ele observa, ainda, que os valores cobrados não sofrerão mais reajustes até o dia 31 de dezembro do próximo ano. “Se você for considerar os serviços que nós prestamos, o custo que nós temos para atendimento de cliente, de infraestrutura, a gente avalia que um serviço desse ainda está aquém do mercado, ao se comparar com outros Detrans do País”, afirma.

“No exame médico, com muita frequência, são detectadas doenças que as pessoas não sabiam que tinham, pricipalmente envolvendo pressão arterial ou oftalmológico. Então, a gente acredita que um exame desse, considerado o que é cobrado lá fora, chega a custar em torno de R$ 200. Uma avaliação psicológica custa em torno de R$ 250 lá fora e no Detran vai ser R$ 86,35, a partir do próximo ano. Os médicos e os psicólogos são todos peritos, profissionais qualificados. Nossa estrutura é muito grande”, completa.

A Unidade Padrão Fiscal (UPF) é reajusta conforme a inflação do período.

Um comentário em “Taxas do Detran têm reajustes de 6%

  • 30 de dezembro de 2010 em 03:04
    Permalink

    Isso é para pagar o reajuste dos deputados. Esses merecem……rsrsrsrsrsrsrrsrs

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *