Hospital Regional realiza missa de 7º dia para cardiologista

Lindenbergh Luiz Caldas da Silva

Na tarde de ontem (28), na Capela do Hospital Regional do Baixo Amazonas do Pará, em Santarém, foi realizada a Celebração Ecumênica lembrando o 7º dia de falecimento do Dr. Lindenbergh Luiz Caldas da Silva, médico cardiologista e intensivista. Médicos, familiares e demais profissionais do HRBA participaram do momento de oração.

Dr. Lindenbergh fazia parte da equipe de médicos intensivistas da Unidade de Tratamento Intensivo Adulto (UTI) do HRBA e faleceu na última terça-feira (21). A equipe de profissionais que trabalhava diariamente com Dr. Lindenbergh, muito emocionada, fez uma bela homenagem através do Diretor Geral do Hospital Regional, Hebert Moreschi, que direcionou aos familiares uma mensagem de apoio e conforto.

Relembre o fato
No dia 21 de dezembro, o médico cardiologista enviou uma carta ao Sistema Tapajós de Comunicação, para que fosse lida em um programa de rádio. Mas, com muitos trechos ilegíveis, o documento foi devolvido para que fosse reescrito. Poucas horas depois, Lindenbergh se atirou do 15º andar do Residencial Casagrande.

Pessoas próximas informaram que o médico estava em fase de separação com a esposa, que também é cardiologista.

Luana Leão com informações do blog HRBA

Um comentário em “Hospital Regional realiza missa de 7º dia para cardiologista

  • 9 de janeiro de 2011 em 20:23
    Permalink

    É muito bom fazer uma missa, mas seria muito melhor se a todos. O seu João morreu e nem socorro prestaram a ele, isso porque era funcionário da Pró saúde se ele fosse médico talvez teriam até montado um apartamento para interna-lo quando ele muito doente procurou o hospital e recusaram etende-lo. Coitado acabou morrendo porque teve que ser obrigado a ir para o matadouro que se conhece como HMS e quando conseguiram interna-lo no Regional já foi direto para a UTÏ chegando a faleceu.
    É uma vergonha para a direção e seus cumplices, que não valorizam os seus colaboradores, são tratados como trapos, a janta é uma sopa do resto da comida do almoço o café requentado.
    É uma desabafo de um colaborador que trabalha no HR porque necessita para sustentar minha familia.

    Resposta
  • 30 de dezembro de 2010 em 15:12
    Permalink

    Quero agradecer e homenagear o Hospital Regional pelo carinho e respeito que estão sendo dispensados para o tratamento de uma situação que é muito triste e delicada para os amigos, colegas e familiares. A Direção, médicos e enfermeiros estão de parabéns e por isso merecem nossa consideração e gratidão. Muito obrigado.
    Antônio.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *