SAMU prepara esquema para atender população no Réveillon

No Natal, a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) preparou um esquema diferente para atender a população. Para o Réveillon, as equipes vão atuar em um plano reforçado, pois como o movimento na cidade é maior, as ocorrências aumentam. “No Réveillon a gente tem muita ocorrência. A cidade fica muito movimentada e envolve a questão de ingestão de bebida alcoólica, o trânsito”, afirma a coordenadora do SAMU, Rodenilda Barroso.

Na noite do Réveillon, o SAMU trabalha com três ambulâncias e um carro de apoio, compostas pelo motorista, técnicos e enfermeiros. Dois grupos devem permanecer na base fixa do SAMU, sendo uma na orla de Santarém e outra em Alter-do-Chão.

Todos os dias dezenas de chamadas chegam até o SAMU. Em períodos festivos, como o Carnaval, o Réveillon e em feriados prolongados, as chamadas aumentam. De acordo com Rodenilda, nem toda ocorrência é competência do serviço de urgência móvel. ”Se é um parto normal, criança que furou pé no prego, cortou o dedo, isso não é trabalho para o SAMU. Isso aí tem que ter uma compreensão do que é o nosso trabalho e o que não é. Transporte para residência é outro trabalho que não é para o SAMU”, revela a coordenadora.

Para falar com o SAMU basta ligar para o 190 e fornecer o máximo de informações possível sobre a ocorrência. Segundo Rodenilda, isso melhora o tempo do atendimento. “Como é um serviço de escuta a gente tem que ser orientado”, diz.

Luana Leão com informações de Márcia Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *