Comunidade de Cuipiranga refaz o caminho dos Cabanos

Manuel Dutra e Edmilson Rodrigues participaram do evento

Religiosos, estudiosos e autoridades políticas vão realizar neste final de semana, na comunidade de Cuipiranga, região do rio Arapiuns, uma programação especial sobre a Cabanagem. O evento que inicia nesta sexta-feira, 07, com término programado para o próximo domingo, 09, vai contar com a participação do deputado estadual e ex-prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues; além do jornalista e professor universitário Manuel Dutra e do padre Florêncio Vaz.

De acordo com Frei Florêncio, o evento terá como unidade participativa, o significado da Cabanagem nos dias atuais. Para ele, o objetivo é fazer memória e lutar contra o esquecimento da Cabanagem, considerado um fato histórico muito importante na região.

“A Cabanagem foi esquecida pelas autoridades e não podemos aceitar isso”, reclama Frei Florêncio.

Comunidade de Cuipiranga

Segundo ele, o primeiro elemento do encontro acontece no dia 07 com a participação do jornalista Manuel Dutra e do deputado estadual Edmilson Rodrigues. Já o segundo elemento será a caminhada dos Cabanos no sábado, 08, saindo de Cuipiranga, no Arapiuns, com chegada na Vila Amazonas.

“Vamos repetir o que era o caminho dos Cabanos. Outro elemento vai ser a inauguração do marco comemorativo, que vai ser deixado no Cemitério de Cuipiranga. E por último vai ser um debate sobre a Cabanagem, com um projeto que foi criado na própria Comunidade de Cuipiranga”, explicou.

REGISTROS – De acordo com Frei Florêncio, até o momento foram poucas as publicações sobre a Cabanagem, sendo uma delas, quando o

Moradora de Cuipiranga

jornalista Manuel Dutra juntamente com outros estudiosos se organizou para produzir um material sobre o movimento dos cabanos, que foi publicado no ano passado em um jornal de Santarém.

“Tem uma cartilha que foi lançada há 25 anos e, é também somente o que nós temos. O Projeto de Cuipiranga vai colher essas informações e divulgar, para que as crianças possam ter acesso a essas informações”, afirma.

Por: Manoel Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *