Milan libera Ronaldinho

Ronaldinho: muitos sorrisos e nenhuma definição na coletiva (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)

Ronaldinho Gaúcho vai jogar no Grêmio, Flamengo, Palmeiras ou Corinthians? A questão que mobiliza o futebol brasileiro no início de 2011 não foi respondida na tarde desta quinta-feira. Em entrevista coletiva realizada no hotel Copacabana Palace, na Zona Sul do Rio, Ronaldinho Gaúcho, seu irmão e empresário, Roberto Assis, e o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, se limitaram a oficializar que o clube italiano liberou o jogador para negociar com equipes brasileiras. Mas nem sequer a rescisão do atual compromisso foi de fato selada.

Horas depois do presidente do Grêmio, Paulo Odone, dizer que Ronaldinho “vai suar a camisa” do clube como qualquer outro jogador do elenco, Assis afirmou que após a decisão do Milan é que começaria a definir o futuro do jogador.

– Hoje (quinta) se começa realmente a projetar o futuro do Ronaldo – disse o empresário.

Ronaldinho evitou declarar se tem uma preferência de clube para atuar ou de cidade para morar.

– O Palmeiras tem Felipão. Grêmio é na minha cidade, e o Flamengo é o Flamengo, tudo isso aqui (gente lá fora). É difícil tomar uma decisão – disse o craque, que foi aguardado do lado de fora do hotel por dezenas de torcedores rubro-negros.

Por Eduardo Peixoto e Thiago Lavinas Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *