Novo Presidente da Câmara Municipal toma posse

Prefeito Geraldo Patana com secretário Branco

Na manhã do dia 1º, na sede legislativa, foi realizada a posse do novo presidente da Câmara Municipal de Belterra, vereador Ademar Sanches (Ir. Ademar). Representantes de várias siglas partidárias compareceram no evento.
Falando com a imprensa, Ir. Ademar afirmou que como presidente do Legislativo tem compromisso com os produtores rurais da Bela Terra. “Sou agricultor, fui eleito para exercer funções no Legislativo recebendo votos dos agricultores deste Município. Grande arte dos projetos que irei apresentar na Câmara será voltado ao homem do campo. Tenho afirmado que o poder público deve dar atenção especial para todos aqueles que trabalham na agricultura familiar, são eles que sustentam as grandes e pequenas cidades”, disse o presidente Ademar Sanches.
O Prefeito de Belterra, Geraldo Pastana, também compareceu na Casa de leis. Em uma rápida entrevista, o Prefeito informou para a nossa reportagem que a partir de fevereiro de 2011, o Executivo belterrense em parceria com a IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, irá construir o trapiche na vila balneária do Pindobal. “Temos a intenção de inaugurar o trapiche no próximo réveillon”, disse o Prefeito.
Sobre o problema da falta de água em Belterra, o Prefeito informou que cálculos feitos pela COSANPA informam que será preciso 5 milhões de reais para suprir definitivamente a falta do líquido precioso no Município e que a Prefeitura não dispõe desta importância, contudo, a Prefeitura está construindo micro-sistema de abastecimento de água na Vila Frei Vicente, cuja a bomba tem a finalidade de captar água já foi comprada. “O poço artesiano da Vila frei Vicente irá resolver parcialmente a necessidade de água no centro de Belterra, pretendemos dar continuidade a este projeto com a ajuda de emendas parlamentares, sabemos que deputados de vários partidos estão comprometidos com o desenvolvimento do nosso principado”, ressaltou.
Sobre as denúncias feitas há algumas semanas pelo vereador Ulisses Medeiros, que acusam o Prefeito de tentar subornar o Vereador, Pastana respondeu que “essa questão está sendo tratada por nossa assessoria jurídica. Se o Vereador não comprovar as denúncias inevitavelmente será penalizado pela justiça”, garantiu.
Pastana finalizou a entrevista desejando boa sorte ao novo presidente da Câmara e pedindo união de todas as siglas partidárias com o Executivo.
Posses na Saúde e Seminf – Na manhã do dia 03, após a posse da vereadora Maria Eliselma como nova Secretária de Saúde, na Unidade Mista de Belterra, o Executivo realizou no prédio da SEMINF, a posse de Luiz Everton (Branco) como o novo Secretário de Infra-estrutura do Município. O prefeito Pastana prestigiou as duas cerimônias. Os dois nomes escolhidos para fazer parte do secretariado do governo causou surpresas em parte da população belterrense. O secretário Branco que é reconhecido no principado de Belterra como um bom administrador inicia sua administração na Infra-estrutura enfrentando vários desafios como: organização do abastecimento de água feito pelos carros-pipa; recuperação de estradas, ruas e ramais; instalação de lixeiras em vários pontos da cidade; etc. Por outro lado,  Eliselma, que através do voto popular conquistou dois mandatos como Vereadora, tem a reputação comprometida perante a opinião publica. Há vários anos funcionários da antiga serraria da Estrada 4, empresa que era administrada por Eliselma, entraram na Justiça reclamando atraso de pagamentos de salários, horas-extras, 13º salário e etc. A maioria destes processos ainda tramita no Judiciário. Informações dão conta que o conselho de ética do PMDB se reunirá nos próximos dias para avaliar o apoio da Secretária ao PT na eleição para presidência da Câmara Municipal, se o conselho entender que a ação de Eliselma é considerada como infidelidade partidária, poderá assim perder o mandato de Vereadora. Na opinião de muitos, a Vereadora sofre de perseguição pelos poderosos da política. Além de resgatar a boa imagem, a nova Secretária de Saúde tem a difícil incumbência de lutar pela permanência diária de médicos na Unidade Mista de Saúde de Belterra. Segundo pacientes que são internados na Unidade, há momentos em que a população só encontra na Unidade Hospitalar dedicados e atenciosos enfermeiros (as), os pacientes também dizem que a água que é servida na Unidade não é cristalina e que os números de fichas distribuídas pela manhã não é suficiente para atender pessoas que chegam de madrugada na porta ou nos corredores de atendimento da instituição. O que a população espera é que a nova Secretária de Saúde seja um baluarte a favor dos pacientes menos favorecidos que lutam pela vida. Do secretário ficha limpa Branco, o povo aguarda iluminação pública e melhorias principalmente na área periférica da grande Belterra.

Por: N. Silva / Fone:  (93) 9194-4597

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *