Família é presa com 18 mil pés de maconha

Polícia Militar apreendeu plantadores com aproximadamente 18 mil pés de maconha em Bragança e mais dois quilos da erva pronta para o consumo.

A quadrilha responsável pela plantação é composta pela família: o pai e mais cinco filhos. A maior apreensão de plantio de entorpecente nos últimos cinco anos, no nordeste do Estado.

A operação foi realizada na manhã de ontem (6), na comunidade de Cacoal do Peritoró, a 70km do centro de Bragança. Além dos pés da erva em tamanho pequeno e grande, também foram apreendidos dois quilos de maconha pronta para a venda, duas espingardas, 1,2kg de chumbo para as espingardas, duas motos com número do chassi raspado, cinco bicicletas e uma balança.

“As bicicletas e a motos são roubadas por dependentes e depois trocadas por drogas com os traficantes que as utilizam para distribuição da maconha”, explicou o capitão Dayvid, comandante da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que comandou a operação composta por 21 policiais militares.

FAMÍLIA

Quatro dos seis responsáveis pela plantação foram presos durante a operação: Pedro Rosa da Cunha, 70 anos, conhecido por Pedro Porco; e seus filhos Manoel dos Santos Cunha, 43, o Duca; Cláudio dos Santos Cunha, 36, e Pedro dos Santos Cunha, 27. Os irmãos mais novos Ambrósio e João dos Santos Cunha conseguiram fugir enquanto a polícia dava o flagrante nos restantes da família. Eles continuam foragidos e a polícia na captura.

FLAGRA

Após a formalização do flagrante na Delegacia de Polícia Civil, os quatro foram recolhidos à cela, de onde serão encaminhados para o sistema penal.

Diário do Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *