Polícia intensifica combate ao uso ilegal de armas de fogo em Trairão

A ação está sendo feita por meio de abordagens em vias públicas

Quatro armas de fogo já foram apreendidas em uma operação da Polícia Civil, em parceria com a Polícia Militar, no município de Trairão, no oeste paraense. A ação de combate ao uso ilegal deste tipo de armas na cidade está sendo feita por meio de abordagens em vias públicas. Os agentes também verificam imediatamente as denúncias feitas pela população, como forma de evitar a incidência de crimes na área.

Na última sexta-feira (7), uma equipe de policiais civis prendeu José Carlos Mota Azevedo, de 39 anos. Ele foi flagrado com uma espingarda de calibre 36 milímetros e munição depois que moradores de um sítio, na zona rural do município, denunciaram o acusado.

A informação era de que um cachorro havia sido baleado na localidade e que o autor do disparo seria um morador do lugar. Diante disso, o delegado Alexandro Napoleão, que comanda a operação, determinou que os policiais fossem ao local indicado pelos denunciantes. De acordo com informações divulgadas pela assessoria de imprensa da Polícia Civil, o acusado já havia sido visto antes com uma arma de fogo.

O acusado foi localizado e, após ser interrogado pelos policiais, apresentou a espingarda. José Carlos foi conduzido até a delegacia, onde confessou ter atirado contra o cão do vizinho. Ele alegou que o animal teria devorado galinhas que criava em sua propriedade.

José Carlos foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e também responderá pelo tiro disparo, com base no Estatuto do Desarmamento.

Com informações da Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *