Brasileiro vai pagar ainda mais impostos em 2011

Embora tenham pagado um volume recorde de impostos em 2010, os brasileiros continuarão arcando com altos valores de tributos em 2011.

De acordo com o presidente do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), João Olenike, se no ano passado a arrecadação foi de R$ 1,27 trilhão, nesse ano esse valor deve subir para R$ 1,4 trilhão.

“Não acho que vai diminuir porque não deveremos ter desonerações esse ano. É como diz o ditado: em time que está ganhando não se mexe, e para o governo é bastante bom ter uma grande arrecadação”, afirma o executivo.

Reforma tributária

Embora a presidente Dilma Rousseff tenha citado a necessidade de uma reforma tributária, Olenike não acredita que teremos em breve uma significativa mudança na atual estrutura e na legislação de impostos, taxas e contribuições vigente no País.

“Nós achamos que é muito difícil acontecer a reforma porque, apesar da presidente falar nisso, não achamos que seja uma vontade do governo, e nem há um cenário favorável para isso. O que achamos é que poderão haver medidas pontuais, como a redução de IPI de alguns produtos, adotada pelo governo Lula”.

O executivo cita ainda que os tributos que mais precisariam passar por mudanças são os que incidem no consumo e nas folhas de pagamento.

“O consumidor paga muito imposto, e da forma como a tributação é feita hoje, quem ganha menos paga mais, já que o percentual pesa mais em seu bolso. Além disso, se houvesse menos tributos sob a folha de pagamento, teríamos mais empregos no País. Para muitos empresários, empregar mais pessoas com registro em carteira se torna inviável por causa dos impostos incidentes”.

Apesar de achar que esses são os setores que mais precisam ser desonerados, Olenike não acredita que as mudanças aconteçam em 2011. “Eu acredito que possam haver mudanças, de acordo com a economia, mas nada muito grande e significativo”, finaliza.

msn.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *