CPC contratará novos peritos e médicos para Santarém

Um ano depois do início da construção do novo prédio do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), na Avenida Moaçara, em Santarém, a direção do órgão anunciou o reinício das obras ainda no primeiro semestre deste ano. Hoje, o CPC funciona no prédio, anexo a 16ª Seccional da Polícia Civil, na Avenida Borges Leal.

A diretora do CPC em Santarém, Stael Rejane Silva, adiantou que tanto a licença ambiental quanto a documentação em relação à doação da Prefeitura para o Estado, estão sendo providenciadas, para que as obras possam reiniciar. Ela antecipou que a chegada do diretor-geral do CPC, no Pará, Dr. Salgado Gouveia, à Santarém está marcada para o próximo dia 20 deste mês, quando dará uma posição concreta do retorno das obras do novo prédio do órgão.

“O interesse é urgente da troca do prédio, por conta das condições de funcionamento e de apresentar e realizar um melhor serviço para a população”, argumentou.

Para Stael, outro ponto fundamental fica por conta da contratação de novos peritos e médicos legistas, porém, o CPC ainda aguarda um levantamento para saber a viabilidade da contratação dos referidos profissionais. A diretora garantiu que não haverá um novo concurso público para o CPC, principalmente por causa da dependência de 10 médicos-legistas e 14 ou 15 perito-criminais a serem contratados.

“O CPC tem a demanda dos 19 municípios do Oeste do Pará, além de outros. Às vezes chegamos a quase 30 municípios, por causa da dimensão do Pará, mas a nova regional de Itaituba vai diminuir a demanda de Santarém, na analise de lesões corporais, entre outros crimes”, garantiu Stael Rejane, destacando que o prédio da regional de Itaituba está pronto, faltando apenas a questão de logística, para iniciar a funcionar.

“Acredito que haverá um empenho muito grande com relação ao início dos trabalhos em Itaituba, porque vai diminuir muito a cobertura do CPC de Santarém, em muitos municípios”, informou Stael Rejane.

Por: Manoel Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *