Trinta corruptos demitidos

Apenas em 2010, o Governo Federal expulsou de seus quadros 30 agentes que atuavam no Estado do Pará, em diferentes pastas. Em todo o país, este tipo de punição que faz parte do trabalho da (Controladoria-Geral da União) no combate à corrupção, tirou do serviço público no ano passado 521 servidores.

O relatório, divulgado ontem pela CGU mostra que o Pará ocupou em 2010 a quinta posição no número de demissões. No acumulado de 2007 a 2010, o Estado ocupa a nona colocação. O último levantamento consolida as informações sobre demissões, destituições de cargos comissionados e cassações de aposentadorias aplicadas a servidores públicos do Poder Executivo Federal.

Do total de penas expulsivas no período, as demissões somaram exatos 2.544 casos; as destituições de cargos em comissão, 247, e as cassações de aposentadorias, 178. Somente no ano de 2010, foram 521 os servidores penalizados por práticas ilícitas no exercício da função, o que representa um aumento de (18,94%) em relação ao ano anterior (2009), que apresentou um total de 438 agentes públicos expulsos do serviço público.

O Liberal

rtvpontanegra.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *