Funcionários denunciam terrorismo na Prefeitura

Secretária Secretária Eliseuma ameaça demitir funcionários de endemias

Parte do secretariado do Executivo está causando perplexidade em muitos funcionários da Prefeitura. A Secretaria de Saúde tem sido a campeã de demissões.
Servidores demitidos, que não querem gravar entrevistas, disseram para a imprensa na manhã de terça-feira, dia 11, que há um grande monopólio político no secretariado do atual governo, onde vereadores influenciam secretários a demitirem trabalhadores (as) para que as vagas sejam preenchidas por parentes de secretários e de parlamentares.
Funcionários do setor de endemias de Belterra também afirmam que caso não sejam readmitidos nos próximos dias, iniciarão uma batalha judicial contra o Executivo de Belterra.
Segundo os servidores, a Constituição Federal afirma que qualquer servidor que iniciou suas atividades no setor de endemias antes de 14 de janeiro de 2006 não pode ser demitido. Se o governo pretende realizar um concurso no próximo dia 06 de fevereiro, terá que oferecer pontuação favorável aos antigos funcionários do setor.
Os moradores do centro de Belterra mostram preocupação com a possibilidade do concurso ser realizado no próximo dia 06, pois atualmente há grande proliferação do mosquito da dengue no Município. Se o concurso for realizado nesta data, os agentes responsáveis no combate ao mosquito estarão inteiramente ocupados ou estudando para o concurso.
A secretária de saúde Maria Eliselma ainda não foi encontrada para falar sobre as demissões na saúde de Belterra. O funcionário que trabalha na Prefeitura e que não é concursado, ao ser dispensado recebe apenas um tapinha na costa e uma carta, com a seguinte mensagem: “A Lei Complementar nº 0101, de 04 de maio de 2000, intitulada Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal, sendo que o Município não pode ultrapassar 54% do seu orçamento com folha de pagamento. Conforme, a determinação da Lei apresentada acima, vimos por meio deste, comunicar-lhe que estamos dispensando seus serviços a partir desta data, e aproveitamos o ensejo para agradecer aos seus bons serviço prestados e sua boa conduta enquanto servidor. Na certeza de seu deferimento, agradecemos vossa compreensão.

Por: N. Silva / Fone:  (93) 9194-4597

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *