Prostituição e tráfico proliferam na praia do Maracanã

DPC Nelson: “Polícia combaterá crimes”A poucos dias que assumiu o cargo de Diretor da Seccional de Polícia Civil de Santarém, o delegado Nélson Silva prometeu junto com sua equipe, constituida de investigadores e delegados considerados “linha de frente”, combater com maior intensidade o tráfico de drogas. “Quemos tranquilizar a população em relação ao tráfico de drogas, utilizando informantes e ações nos bairros”, disse o delegado. Na opinião do diretor da Seccional de Polícia, “o combate ao tráfico de drogas é um câncer em nossa sociedade”, citando que: “80% por cento dos crimes cometidos em Santarém estão relacionados ao tráfico de drogas”, enfatizou.

Praia do Maracanã – O Diretor da Seccional de Polícia de Santarém além de prometer combate intensivo ao tráfico de entorpecentes, também vai agir no combate aos abusos cometidos por marginais na praia do Maracanã, que recebe centenas de pessoas todos os finais de semana. A falta de respeito que é cometida contra famílias, bebedeiras e prostituição de menores, vai acabar, segundo declarou o delegado Nélson Silva. “Nós temos ações para coibir, em conjunto com a Polícia Militar e Conselho Tutelar, além de outras instituições e apoio da população”, falou o diretor de Polícia Civil.

Nélson Silva declarou que havia tomado conhecimento dessa série de irregularidades que acontecem na praia do Maracanã. “Eu havia tomado conhecimento em plantões, mas não sabia que a situação estava desse jeito, não só na praia, mas em todo o bairro do Maracanã. Agora vamos tomar providências mais enérgicas para combater o crime neste e em outros bairros de Santarém”, prometeu o diretor da Seccional de Polícia Civil.

Por: Carlos Cruz

Um comentário em “Prostituição e tráfico proliferam na praia do Maracanã

  • 15 de janeiro de 2011 em 04:31
    Permalink

    Senhor delegado na minha opiniao,bandido tem que ser eliminado,nao importa a idade.
    Principalmente de menor que fazem mais,poblemas so assim nos vamos ter uma cidade limpa e podemos desfrutar nossa cidade praias foda-se a familia desses filha da puta,que muitos os pais ainda fazem ,que nao ver nada.
    Levar pra delegacia e dar um casete nao muda nada,eles vicam mais agresivos ainda mais,o melhor e eliminar.
    pois quando eles vam para o presidio quem suatenta eles somos nos a populaçao.
    Obrigado .

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *