Teatro Vitória terá fachada original restaurada pelo MPE

Refeorma do prédio respeitará arquitetura original do Teatro Vitória

A matéria denúncia publicada pelo jornal O Impacto, falando da demolição do Teatro Vitória de Santarém, teve repercussão em todo o estado do Pará. A notícia do desaparecimento de mais um dentre tantos patrimônios públicos, cedendo lugar a prédios modernos, que são construídos sepultando histórias e recordações, motivou o MP estadual a redigir e mandar a seguinte nota à nossa redação:
Prezado editor,
Em virtude da veiculação de matéria que afirma a “demolição” do prédio do antigo teatro Vitória, envio o seguinte esclarecimento, com foto anexa. Obrigado.
O prédio do antigo Teatro Vitória não foi demolido com fins de modificação, como afirmado em matéria anterior. Ao contrário, a fachada será restaurada pelo Ministério Público conforme as linhas originais do prédio, e o interior abrigará um teatro com 136 lugares, a ser gerido pelo poder municipal, além de salas a serviço do MP.
A empresa responsável pela obra, MD Construções, foi contratada por meio de licitação pelo MP Estadual. O projeto arquitetônico foi desenhado pelo setor de arquitetura do MP, após estudos baseados em fotos e desenhos históricos do prédio, que ao longo de seus 114 anos de existência, já sofreu inúmeras modificações.  O objetivo é resgatar a fachada original do teatro e adaptar o seu interior, que já estava bastante modificado, ao uso ao qual se destinará.
A obra completa está orçada em R$ 1.422.460,35. Uma parte do prédio será destinada ao uso do MP, para funcionamento do Programa Ministério Público e a Comunidade, e outra será um teatro com 136 lugares, entregue ao Poder Executivo para apresentações culturais.
A obra será executada conforme todas as normas técnicas referentes às instalações elétricas, hidráulicas e de segurança, e tem prazo de até um ano para ser concluída.
A nota está assinada por Lila Bemerguy, da Assessoria de Imprensa do MPE – Pólo Baixo Amazonas.

Por: Carlos Cruz

Um comentário em “Teatro Vitória terá fachada original restaurada pelo MPE

  • 14 de Janeiro de 2011 em 08:24
    Permalink

    É isso mesmo… o jornal tem que fazer matéria mostrando o descaso das autoridades competentes com os nossos patrimônios históricos… Só através da pressão que eles se amnifestam… isso é uma vergonha!!!!
    Já não estava na hora de olhar tb um pouquinho mais para o Museu João Fonna????

    Resposta
  • 13 de Janeiro de 2011 em 22:59
    Permalink

    Essa não é a frente original.
    Na verdade é parecida com a segunda, após uma reforma feita pelo prefeito Everaldo Martins.
    Mesmo neste prospecto, onde mostra umas arvores e palmeiras, certamente nao será possivel, pq tem muitas lojas no mesmo local onde estão essas imagens, bem como a arborização dos fundos e uma arvore na frente. As unicas arvores que existem no local, pelo desenho, dará lugar ao estacionamento.
    Pra quem fez o desenho, não vale mentir…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *