Médico alerta – Manicures podem transmitir Aids e Hepatite

Nélio Aguiar alerta para material utilizado pelas manicures

Um caso que pode trazer sérias consequências, caso não seja remediado a tempo, é o que diz respeito ao uso de alicates e utensílios usados por manicures em Santarém, que não são esterilizados. O melhor seria que cada cliente trouxesse os materiais de sua casa, para que não fosse utilizado o do salão ou pertencente a manicure, que é usado por todos.
O médico Nélio Aguiar alerta: ”Esta é uma preocupação muito grande, devido aos índices elevados, principalmente da proliferação da Hepatite C no País, que é um problema seríssimo, mais grave até do que o HIV”. O médico e Vereador santareno citou que “a Hepatite C é uma doença silenciosa, onde a pessoa é contaminada, antes era pela transmissão sanguínea, hoje diminuiu muito, com a segurança dos centros de Hemoterapia”, disse o médico, ressaltando que “um das vias de contaminação infelizmente ainda existe, através de alicates, giletes e outros materais”, falou Nélio Aguiar. ”É preciso cuidado de todos, tanto de quem trabalha na área, o profissional, quanto das clientes”, avisou.
Segundo Nélio Aguiar, quem frequenta salão de beleza, seja para cortar cabelos, fazer a barba ou “fazer as unhas”, pode estar correndo risco de ser contaminado pelo vírus da Hepatite C. “Mas em Santarém não estão tendo esse cuidado por completo”, disse. “Alguns salões correm este risco de contaminação, porque seus profissionais não tomam os devidos cuidados”, alertou Nélio Aguiar.

Por: Carlos Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *