Carne foi campeã de aumento em 2010

Apesar de grandes exportadores no Pará, carne sofreu escalada (Foto: Kelly Pozzebon/ Arquivo)

O ano de 2010 encerrou com uma das maiores altas de preços dos últimos tempos, segundo aponta pesquisa recente divulgada pelo Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Socioeconômicos no Pará (Dieese-PA).

Segundo o estudo, os bens, produtos e serviços, em sua grande maioria, tiveram reajustes superiores à inflação. A carne bovina foi a campeã no aumento de preços, que chegou à variação de 31,24%, de janeiro a dezembro de 2010.

O estudo mostra que, por conta do aumento no valor da alimentação, Belém se transformou na capital nacional da inflação, curiosamente um dos municípios com os maiores exportadores de carne bovina do país.

A trajetória do preço da carne bovina em 2010 não foi uniforme, combinando um período de quase estabilização de preços que abrangeu praticamente todo o primeiro semestre, com os absurdos aumentos verificados no segundo semestre, principalmente a partir de outubro.

A pesquisa aponta que, em dezembro de 2009, a carne chegou a custar, em média, R$ 10,69, nos supermercados, açougues e mercados municipais da Grande Belém. No mesmo período do ano passado, o produto chegou ao reajuste acumulado de 31,24%. A inflação calculada pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística) para o mesmo período foi de 5,91%.

Diário do Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *