Fortes temporais deixam estado do Amapá em alerta

Segundo o secretário municipal de obras, engenheiro civil Gervânio Machado, o prejuízo do trapiche ultrapassa um milhão de reais

Assim como a região Sudeste do País atravessa caos, no extremo Norte, mais precisamente no estado do Amapá, o município de Calçoene, que fica a 370 quilômetros da capital, vive em estado de alerta máximo!

A região, segundo a meteorologia, tem o índice pluviométrico mais alto do Brasil e o inverno na região está rigoroso. Uma tempestade torrencial que caiu em Calçoene no ultimo final de semana, que coincidiu com a alta de maré do rio Calçoene, levou abaixo cerca de 40 metros de um trapiche em concreto armado pertencente a uma fábrica de gelo. O local servia para a atracação de barcos pesqueiros.

A Prefeitura do Município tenta encontrar paliativos para evitar que o mesmo prejuízo ocorra com a geleira que o Governo do Estado inaugurou no ano passado e que fica bem na orla onde está ocorrendo a erosão.

Segundo o secretário municipal de obras, engenheiro civil Gervânio Machado, o prejuízo do trapiche ultrapassa um milhão de reais. A única forma de se frear a erosão é a edificação do muro de arrimo na orla, que tem um elevado custo, onde a Prefeitura não tem como custear.

“Uma obra de muro de arrimo que possa conter esta erosão e a cheia do rio, custaria em torno de 30 milhões de reais, dinheiro que a Prefeitura não tem, já que recebe de FPM pouco mais de 400 mil reais e o Governo do Estado passa por sérias dificuldades e fica impedia de nos socorrer agora”, comentou Gervânio. Ele informou que na semana passada esteve pessoalmente em Brasília em busca deste socorro e que entregou ao Coordenador da Bancada Federal, Senador Gilvan Borges, toda a documentação e laudo técnico da Defesa Civil do Estado, que foi a Calçoene e condenou a área em questão.

“Todo o procedimento técnico para acessar recursos de emergência para obras de prevenção junto ao Ministério da Integração Social já foi feito. Agora, é com a Bancada Federal”, ressaltou o Secretário.

Desde as primeiras horas da madrugada de segunda-feira (17) fortes chuvas continuam caindo sobre o Município sem trégua deixando a população em alerta máximo.

Por: Jerffeson Miranda com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Calçoene (AP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *