Chuvas dificultam trabalhos no porto da Praça Tiradentes

Com a chegada do inverno, o embarque e desembarque no porto improvisado na Praça Tiradentes se torna um problema para quem utiliza e trabalha nas embarcações.

Para os carregadores o desafio é ainda maior. Carregando produtos com até três vezes o próprio peso, eles precisam ter cuidado para não cair, pois com a chuva a rampa fica lisa.

“Quando está chovendo pior que fica muito liso. A tábua fica lisa, a balsa fica lisa”. Conta o carregador Vilmar Santos.

À medida que o rio sobe é necessário trocar a prancha de lugar, há casos que é necessário a suspensão das atividades. E as embarcações se viram como podem.

Os donos de embarcações esperam a construção de um novo porto. E alertam que o porto que está sendo construído na Prainha pode não solucionar os problemas.

“O que tão fazendo não vai ser viável para nós. Aquele porto que estão fazendo é preparado para balsas. A não ser que façam uma escavação, sei lá como tem que ser feito, mas pelo calado que tem ali, acho que não vai ser viável para esse tipo de embarcação”. Explica o dono de embarcação Amilton Diniz

No tapajós

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *