Líder comunitário contesta declarações de secretário

Ivan Leão diz que Projeto “Minha casa, minha vida” não existe para a área

Esta semana, o Secretário de Habitação do Município, Beto Frazão, declarou que serão construídas mais de 3 mil casas na área que pertence a Família Corrêa. O local ficou conhecido pelos inúmeros conflitos que já houveram entre as pessoas que tomaram posse da área, Polícia e autoridades do Município, em alguns casos com violência tanto da parte dos invasores quanto das autoridades. Os moradores da área contestam a afirmação do Secretário quando ele diz que no local serão feitos investimentos e que milhares de casas serão construídas pelo poder público.

Em nossa redação, o líder dos invasores da área, que se transformou em bairro Império do Tapajós, Ivan leão, disse que as declarações do secretário de habitação Beto Frazão são infundadas: “Em relação a esta declaração, queremos deixar claro que os moradores da área do bairro Império do Tapajós estão lutando há um ano na Justiça pela área, e que está sub júdice”, falou Ivan.

Esclarecendo que a área encontra-se aguardando decisão da Justiça sobre quem deve tomar posse definitiva, Ivan Leão citou: “A área pertence ao Estado e não existe nenhuma possibilidade de serem construidas casas do projeto “Minha Casa, minha Vida”, até o momento”. Um outro detalhe citado pelo líder comunitário é que os membros da Associação, com mais de três mil associados, nunca vão permitir que o secretário Beto Frazão use para outros fins: “Não vamos permitir que o secretário Beto Frazão queira fazer politicagem usando o nome da associação Império do Tapajós, nem de outras”, disse Ivan Leão.

Na opinião do líder da associação de moradores do bairro Império do Tapajós, o Secretário Municipal de Habitação estaria pegando cadastro em outros bairros. “Nós temos exemplo disso, nos bairros Alvorada e Maracanã, foi colocada uma enorme placa nas associações de moradores chamando pessoas para se cadastrarem, e nós não vamos permitir, porque a prioridade é para moradores cadastrados no bairro Império do Tapajós”, finalizou Ivan Leão.

Por: Carlos Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *