Faltam bioquímicos para trabalhar nas farmácias de Santarém

Silvano, dono de farmácia em Santarém

A carência de material humano suficiente para atender ao público, faz com que muitos donos de farmácias em Santarém deixem de ter um profissional bioquímico á disposição, e no horário proposto pelo Conselho Regional de Farmácia, que tem sua sede em Belém do Pará.”O que temos conhecimento é que existe uma turma de 100 alunos, que vai se formar na faculdade Iespes, em Bioquímica, mas somente em janeiro”, citou Nélio Aguiar.

Muitos donos de farmácias procuraram nossa redação no sentido de darem ao grande público uma satisfação sobre a ausência de bioquímicos nos balcões das farmácias. Por conta desse problema é que o vereador e também médico Nélio Aguiar, esteve em contato com o presidente do CRF, na capital, Daniel  Costa, expondo o problema.”Ele se comprometeu a estar reunido conosco no dia 17 de fevereiro”, divulgou o vereador,”Nesse dia estaremos reunidos com ele e os donos de farmácias de Santarém para tentar resolver o problema”, citou.

Com a chegada do presidente do Conselho de Farmácia da capital, os donos de farmácias, pretendem chegar a um acordo, firmando um termo de Ajuste de Conduta, dando condições a que a pequena quantidade de bioquímicos que atuam nas farmácias, sejam grandes ou pequenas, possam atender a todas, dentro do que for aprovado no acordo que com certeza será firmado, no próximo dia 17,entre os donos de farmácias, o vereador Nélio Aguiar e o presidente do Conselho Regional de Farmácia.

Por: Carlos Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *