Mapinguari dança em São Paulo

Apesar das dificuldades que encontram em um país que pouco investe em cultura, é com muito esforço e dedicação que o Grupo de Tradições Amazônicas Mapinguari representa a Amazônia por meio de danças, músicas e poemas, há 17 anos. Composto por alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Aníbal Duarte e por moradores do bairro de São Brás, os integrantes do grupo se preparam para levar o imaginário amazônico a festivais em São Paulo, Teresina e também receberam convite realizar uma apresentação no México.

Com data marcada para subir ao palco a partir do dia 23 até o dia 30 de julho no Festival de Olímpia, em São Paulo, o elenco se organiza para adaptar o espetáculo “Belém, Pará, Amazônia, Brasil” em uma nova apresentação de tempo mais curto. A responsável pelo grupo, Wilnélly Pinheiro, revelou que no México serão mostradas danças de cada região do Brasil. “Ainda estamos preparando este espetáculo, já que nas outras apresentações que fazemos as danças costumam ser amazônicas”, adiantou.

A organizadora também contou que o grupo já havia sido convidado anteriormente para participar do festival que acontece no México, mas que por falta de apoio o grupo não viajou para aquele país. “Fui até Brasília e inscrevi o Mapinguari em um edital do Ministério da Cultura, mas, infelizmente, não conseguimos o apoio necessário. Precisamos de patrocínio, porque há gastos. Utilizamos figurinos rebuscados e quase sempre o dinheiro que nos mantém sai do nosso próprio bolso”, lamentou.

Do ORM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *