Idosa alcoolizada acertou a traseira de ônibus

Maria de Lourdes mal conseguia se manter de pé (Foto: Everaldo Nascimentos)

Uma senhora de 63 anos foi detida pela Polícia Rodoviária Federal, na manhã de ontem, dirigindo embriagada. Maria de Lourdes Gilonan Soriano de Mello trafegava sem cinto de segurança e aparentemente sob efeitos de bebidas alcoólicas em um Fiat Doblô (HMB-1789) na BR-316, no sentido Entroncamento-Ananindeua. Ao ser avistada por policiais da PRF, ela tentou fugir e bateu na traseira de um ônibus. Ela sofreu apenas ferimentos leves.

Ainda na barreira da Polícia Rodoviária Federal, o grau de embriaguez de Maria de Lourdes estava tão avançado que ela não conseguia se manter em pé para se locomover. Cambaleando e com a boca machucada por causa da colisão, por várias vezes pediu aos policias que fosse levada ao veículo para dormir.

Segundo Maria de Lourdes, ela retornava a Belém após ter consumido muita cerveja no aniversário de uma “amiga” que teria “varado” a madrugada de ontem, em Benevides. A contradição é que, quando foi abordada, ela trafegava no sentido Entroncamento-Ananindeua.

De acordo com os policiais, durante ronda de rotina na área, ao avistar a idosa dirigindo com velocidade de cerca de 80km sem o cinto de segurança, no km 7 da BR-316, decidiram parar o veículo. Ela teria percebido a ação e acelerou o automóvel, que só parou após a colisão na traseira de um ônibus.

No interior do carro, foram encontradas diversas latas de cerveja espalhadas pelo chão. Segundo Serrão, chefe do posto da Polícia Rodoviária Federal, no km 10 em Ananindeua, Maria de Lourdes foi levada à barreira para aguardar a chegada de familiares. No entanto, como ninguém chegou para acompanhá-la, ela foi encaminhada à Seccional de Ananindeua para os procedimentos cabíveis.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *