Primeiro Seminário De Mudanças Climáticas Em Óbidos

Praia do porto de cima em Óbidos, tomada pela sujeira

Foi realizado no município de Óbidos, nos dias 8, 9 e 10 de fevereiro, o Primeiro Seminário de Mudanças Climáticas do Município. O encontro foi realizado no Centro da Pastoral Social da Prelazia de Óbidos.

No encontro foi realizada uma missa e em seguida deu-se abertura solene. Estavam presentes representantes de entidades, pastorais sociais, sindicatos, associações dos municípios de Faro, Terra Santa, Oriximiná, Curuá e Alenquer, quando foram debatidas e discutidas as mudanças climáticas na nossa região e ao mesmo tempo chamando a atenção das autoridades internacionais. Dentre as pautas discutidas, os impactos ambientais, as mineradoras que são implantadas principalmente nessas regiões e que são as vilãs, bem como os ribeirinhos com o impacto que esses projetos de mineração ocasionam.

 Além disso, através do governo federal, o PAC – Programa de Aceleração do Crescimento, construções de hidrelétricas e plantações de grãos em grande escala.

O teólogo e assessor e palestrante do Fórum, Ivo Polleto, natural de Caxias do Sul, ficou entusiasmado com a participação de todos, uma vez que a região Amazônica é muito cobiçada lá fora.

A importância de um Seminário como este que está sendo realizado em Óbidos, com a participação da comunidade e dos municípios vizinhos, fortalece ainda mais, porque os ribeirinhos amazônidas que vivem essa realidade do impacto ambiental, assumem a responsabilidade de manter a Amazônia em alerta e cobrar a quem de direito. Por isso são válidos esses seminários, para que todos participem e mostram o que está acontecendo, pois só quem sente na pele é quem vive aqui, disse o palestrante Ivo Polleto.

 Jornal O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *