Brasil enfrenta Uruguai de olho na vaga olímpica e título Sul-Americano

Neymar é esperança de gols para o Brasil

Após 60 dias de preparação e pausas apenas para as festas de fim ano, a Seleção Brasileira sub-20 chegou a encruzilhada de sua caminhada rumo a Londres. Na madrugada deste domingo, às 0h10m (de Brasília), o time canarinho vai enfrentar o Uruguai, no Estádio Universidad Nacional San Agustín, em Arequipa, no Peru, para carimbar de vez o passaporte para as Olimpíadas de 2012, na Inglaterra, e com uma vitória garantir o título do Sul-Americano da categoria. Acompanhe a partida ao vivo pelo Sportv e em Tempo Real pelo GLOBOESPORTE.COM.

Foram nove jogos até aqui, seis vitórias, um empate e uma derrota. A equipe marcou 19 gols, tem o melhor ataque do Sul-Americano e Neymar como o artilheiro, com sete. O time canarinho é o que obteve o melhor desempenho na competição continental. Na madrugada deste domingo, a equipe comandada por Ney Franco terá a oportunidade de confirmar a boa campanha e superar os uruguaios, que tem dez pontos no hexagonal final contra nove dos brasileiros. Só uma vitória interessa no Monumental U.N.S.A.

Neymar definiu bem a trajetória do time canarinho até a decisão da madrugada deste domingo.

– Fico feliz de ter sido convocado, de ter trabalhado com esses jogadores, com o Ney Franco. Ter passado 60 dias com eles foi maravilhoso e espero marcar a minha carreira com o título sul-americano – disse o atacante.

O confronto da Seleção Brasileira fechará a rodada tripla que começa no sábado. A primeira partida será entre Argentina e Colômbia, às 19h50m (de Brasília). Em seguida, o Chile encara o Equador lutando por vaga no Mundial, em julho, às 21h10m (do Brasil).

Ney Franco promove os retornos de Neymar e Juan à equipe sub-20 – A escalação da Seleção Brasileira sub-20 para a decisão não tem mistério. O técnico Ney Franco não escondeu a formação da equipe para o confronto diante do Uruguai, na madrugada deste domingo. O zagueiro Juan e o atacante Neymar, que cumpriram suspensão na última rodada, retornam nas vagas de Romário, que levou o segundo amarelo diante do Equador, e Diego Maurício, que retorna ao banco e fica como opção para a etapa final.

Ney Franco confirma duas mudanças no jogo de hoje

– O meu estilo é esse. Gosto de deixar claro para o jogo quem vai entrar em campo. Sou daqueles que acredita na consistência do trabalho realizado durante a cabeça – disse Ney.

A um jogo de atingir o objetivo maior da sub-20, o atacante Neymar relembrou o momento mais marcante da preparação para o torneio continental.

– O momento mais marcante é o do primeiro corte. Todos queriam saber quem deixaria o grupo. Quando perdemos um companheiro, ele é cortado, nós ficamos chateados. O próprio Ney Franco fica triste pela situação. Nós sempre ficamos com o pé atrás. Será que eu vou? Será que eu não vou? Todos que fizeram parte desde o primeiro dia vão ter a sua parcela caso o Brasil consiga conquistar o título – afirmou Neymar.

Sem o zagueiro Bruno Uvini, que sofreu uma fratura na fíbula da perna direita e já retornou ao Brasil, a Seleção sub-20 vai se Saimon e Juan na zaga. Neymar fez questão de lembrar da importância do capitão, que já foi submetido a uma cirurgia na última sexta-feira.

– O Bruno Uvini é um capitão fora de série. Tenho que agradecer o momento que eu tive com ele. É um exemplo de capitão dentro e fora de campo. Todos terão a sua parcela, mesmo os que não vieram para o Peru. Todos deram força. E fazem parte dessa família.

Celeste volta a ser olímpica e já está em 2012 – Os jogadores do Uruguai não param de comemorar a classificação para os Jogos de 2012, em Londres. Até nos treinos na véspera da última rodada do hexagonal final, os jogadores ainda vibravam com o feito, já que a Celeste não se classificava para as Olimpíadas desde 1928. Já se passaram 84 anos desde a última vez que o grupo participou do torneio e se sagrou campeão.

O grande destaque do time uruguaio é o meia Diego Luna. O jogador já marcou três vezes no Sul-Americano e tem o pé calibrado nas cobranças de falta.

BRASIL X URUGUAI
Gabriel, Danilo, Saimon, Juan e Alex Sandro; Fernando, Casemiro, Lucas e Oscar; Neymar e Willian José. Ichazo, Platero, Olivera, Cabrera e Polenta; Cayetano, Prieto, Mayada e Luna; Vecino e Machado.
Técnico: Ney Franco Técnico: Juan Verzeri
Estádio: Universidad Nacional San Agustin, em Arequipa (Peru). Horário: 0h10m (de Brasília)
Árbitro: Antônio Arias (PAR)
Auxiliares: Francisco Mondria (CHI) e Rodney Aquino (PAR).
 

Fonte: GLOBOESPORTE.COM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *