Gêmeos de Harry Potter preveem final espetacular

A pouco mais de duas semanas para a estreia mundial de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2, James e Oliver Phelps, que interpretam os gêmeos Weasley, afirmam que este é o filme mais espetacular da saga inspirada nos textos de J.K. Rowling.

Em reunião com os fãs em Madri, que contou ainda com a presença de Rupert Grint (Ron, o irmão mais famoso), James destaca o impacto do último longa.

– Quando estávamos filmando não víamos os efeitos especiais, mas sentíamos a força, a força ao redor de Hogwarts que se desmorona. Imagine que a morte está se aproximando, imagine que em uma guerra estão atacando sua casa, como você se sentiria?

Mark Williams, que faz o pai deles no filme, também deu mais detalhes.

– Estávamos conscientes que este filme marcaria o sucesso da saga. Não podíamos fazer seis grandes filmes e que os dois últimos fossem ruins, era uma pressão adicional.

Outro fator, segundo Williams, para dar mais tensão no encerramento da saga do jovem bruxo, foi o fato de os atores não terem lido o último livro da série, já que ainda não estava à venda.

– Não sabíamos o que aconteceria com os personagens e isso deu um certo frescor, porque se você sabe o que vai acontecer, isso pode influenciar na atuação.

Tal ambiente, no entanto, não impediu que os gêmeos continuassem a amizade com alguns de seus colegas de bastidores, como Daniel Radcliffe, que interpreta Harry Potter, e a quem ambos descrevem como um rapaz simples, ou o próprio Rupert Grint, com quem compartilharam várias partidas de golfe nos intervalos da gravação.

Quanto à dificuldade de adaptar livros com tanto sucesso como os da escritora J.K. Rowling para o cinema, James assegura que para ele não foi nenhum problema.

– Acho que se torna mais fácil. Alguns dos grandes filmes surgiram de sucessos, como O Senhor dos Anéis.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 tem estreia mundial no dia 15 de julho em 3D.

Do R7

Deixe seu comentário aqui: