Estudantes protestam contra aumento da passagem de ônibus

Preço da passagem de ônibus em Santarém terá reajuste
Preço da passagem de ônibus em Santarém terá reajuste

Uma reunião realizada no último final de semana entre representantes da classe empresarial, do Conselho Municipal de Transporte e da Prefeitura de Santarém debateu o possível aumento no preço da passagem de ônibus na zona urbana do Município do atual R$ 1,90, para R$ 2,20. Já a meia passagem estudantil passaria de R$ 0,65, para R$ 1,00.

O anúncio do aumento da passagem não agradou a classe trabalhadora e estudantil de Santarém. Na manhã de hoje, durante um protesto em frente à Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), uma equipe de universitários adiantou que caso a passagem de ônibus aumente de preço, muitos protesto virão pela classe estudantil.

Fontes informaram que o Conselho de Transporte aprovou o aumento na tarifa de ônibus para R$ 2,20. O novo valor ainda será apreciado pelo prefeito Alexandre Von.

No início da tarde de hoje, inúmeras manifestações de protestos foram publicadas por trabalhadores e estudantes em redes sociais contra o novo reajuste da passagem de ônibus em Santarém.

“Palhaçada! Aumentam o valor, mas a qualidade nos ônibus continua precária e ruas decentes pra se trafegar que é bom nada, né! isso é Santarém”, reclama uma estudante.

Diariamente, dezenas de denúncias são registradas em Santarém relacionadas a precariedade no transporte coletivo urbano, por conta da má conservação dos ônibus, assim como a falta de treinamento de motoristas e cobradores.

“Que absurdo! Só em Santarém acontecem essas coisas… O trabalho desse povo é aumentar as coisas, mas melhorar esses ferrugens velhos nada! As ruas daqui algum dia vamos ter que pegar canoa pra atravessar, porque são só buracos. É por isso que os estudantes se formam e se mandam daqui, porque Santarém está abandonada! Graças a Deus que não preciso dessas latas velhas”, diz uma universitária, constrangida com a informação do novo reajuste na passagem de ônibus.

Fonte: RG 15/O Impacto

3 comentários em “Estudantes protestam contra aumento da passagem de ônibus

  • 26 de abril de 2013 em 09:35
    Permalink

    Infelizmente não existe investimento sem dinheiro, nunca vi uma cidade no Brasil, no meio da Amazonia onde tudo é mais caro, desde peças até combustivel, com uma tarifa de R$ 1,90 com transporte de qualidade, ainda mais com estudante pagando 0,65 centavos e sistema viário precário e sem nenhum subsidio do poder público. Onde o transporte funciona a tarifa é de R$ 2,50 pra frente.

    Resposta
  • 24 de abril de 2013 em 09:44
    Permalink

    É verdade, os empresários sabem pedir aumento vendo o lado deles, e dos usuários como fica? Sou usuária desses transportes diariamente,o ônibus do meu bairro nem se fala é uma verdadeira sucata prega mais do que circula, fico aguardando na parada, pois tenho horário para chegar no meu local de trabalho que fica 10 km da cidade, fica circulando somente um ônibus pq os demais estão com defeito, procuro me dirigir a outras paradas, estão super lotados de passageiros que ficam pendurado nas portas, e ainda sendo xingado pelo cobrador ou cobradora que pede para chegar mais a frente, e como não tem outra alternativa nos sujeitamos a esses riscos, por favor, autoridades, secretaria de transporte a quem de direito, olhem para o povo,para ver se soluciona o problema, somos nós que pagamos os empresários, seus motoristas e cobradores.

    Resposta
  • 23 de abril de 2013 em 15:40
    Permalink

    e os trabalhadores que ganham salario minusculo como vão fazer pra chegar no trabalho? que ja e uma tarefa dficil,pois passa um onibus hoje e outro amanha.Como pode passar de cidade para capital?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *