Delegacia de Polícia: mais um descaso do Governo do Estado

Delegacia de Políca
Delegacia de Políca

A péssima condição da Delegacia de Polícia do município de Alenquer é mais uma vergonha na gestão do governo do PSDB. A mesma foi construída há mais de 40 anos. A falta de manutenção ratifica a incompetência e falta de zelo para com a coisa pública, por parte do Governo de Simão Jatene e companhia. Contra fato, não há argumento, a dívida de quem só faz levar o voto de Alenquer é muito grande em vários segmentos de políticas públicas. Tais como: A precariedade da Malha Viária, a ruína de várias Escolas caindo aos pedaços, a não conclusão do Porto Hidroviário, do Aeroporto e do Estádio Heriberto Batista, é a inércia de um descaso que dispensa qualquer comentário.

No caso específico da Delegacia de Polícia, de forma visível, quem passa em frente do referido prédio, comprova o desleixo da falta de manutenção e abandono, da classe política na sua totalidade. Tal caótica situação, estava colocando em risco a segurança dos detentos, como também a integridade física dos servidores públicos que ali exercem suas atividades policiais. Para se ter dimensão desse absurdo e/ou da precariedade da Casa de Detenção, o delegado de Polícia Civil, Dr. Herbert Farias, foi forçado a solicitar o remanejamento e a transferência dos presos de Justiça para a penitenciária de Santarém. As razões dessa medida foram ocasionadas pela fuga em massa dos indivíduos que viviam praticamente confinados e fora dos padrões de direitos humanos.

É patético frisar que esse marasmo é protagonizado por literal descomprometimento do governo do Estado para com o município de Alenquer. Não tão somente com a segurança pública, mas com vários segmentos de políticas administrativas local. É importante salientar que a inércia, acontece mesmo com o Município elegendo um Deputado filho da terra, José Megale, detentor de três mandatos pelo Partido do PSDB.

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *